domingo, 24 de outubro de 2010

Mesa sempre bem arrumada

Arrumar a mesa sempre exige um prestar atenção na hora da arrumação de pratos, copos, talheres etc. Digamos que não faço no automático. Nas mesas em casa, mais informais, sempre preciso parar e dar uma pensadinha tipo “a tá, faca do lado direito e garfo do esquerdo, taça de vinho desse lado e de água daquele”. Dia desses num jantarzinho com amigos que estavam hospedados em casa arrumei rapidinho, virei, saí e pronto. Depois que comemos e estávamos conversando fui informado que havia trocado os lados dos talheres. Coloquei todos ao contrário. Você viu? Por que pra mim, depois de horas preparando o peixe assado, passou despercebido. Uma amiga viu e acabou sendo engraçado depois. Pra ajudar na memorização e a fazer certinho não só em jantares super formais, mas no dia a dia em casa também (um almoço em família no domingo certamente fica mais agradável com uma mesa arrumada com cuidado e carinho), seguem umas dicas interessantes.

E, claro, algumas imagens para nos inspirar...

1. Os talheres seguem a ordem de utilização de fora para dentro, ou seja, os mais afastados do prato serão utilizados primeiro e assim segue. Isso em jantares formais. Em casa, faca a direita (sempre com a cerra virada para o prato) e garfo a esquerda. Se for servir uma sopinha de entrada, ou algo assim, acrescente a colher de sopa a direita da faca.

2. Os talheres de sobremesa ficam acima do prato. A faca mais próxima com o cabo pra direita, em seguida o garfo com cabo pra esquerda, por último, a colher com cabo pra direita. Vai servir várias opções de sobremesa que exigem todos esses talheres, ótimo. Caso contrário, simplifique. Uma ou duas opções são suficientes.

3. Os copos ficam na diagonal à direita acima do prato, podendo estar alinhados ou agrupados, se forem mais de três. O maior mais próximo ao prato e os demais por ordem de tamanho. Vale lembrar que o maior é para água, o segundo maior para vinho tinto e o menor para vinho branco. Mas só coloque tantos copos na mesa se for servir todas essas opções. Em casa, entre amigos, duas são suficiente: a de dentro para servir água e a de fora para vinho.

4. Dica, ou melhor, regra geral: simplifique. Disponha na mesa o que vai ser usado. Nada de usar mil talheres pra impressionar e deixar tudo sem uso. Isso é o óh! E lembre-se: a mesa bonita é pra demonstrar cuidado com os convidados e tornar a refeição mais agradável e não para intimidá-los.

Uma colinha básica pra sempre que bater a dúvidaUma fotinha padrão pra reforçar a ideiaUma versão com vários talheresUm pouco mais minimalista na quantidade de itens
Todas as imagens foram garimpadas na rede.

3 comentários:

Verena disse...

adorei o post. muito explicativo. bjos
verena

JULIANA disse...

Explica para seu sobrinho que em jantares fomais nada de pegar na cozinha os talheres do Girafas, pleaaaase

BSvox disse...

Socorro, Vc lembra que Eu nem sei o que é direita e esquerda com muita certeza, como vou arrumar a mesa com toda essa sofisticação?
Minha saida é fazer tudo mais que informal. coloco tudo numa mesa auxiliar e cada um pega o seu talher, prato, etc. Q feio, não?
Saudades de vcs,
Bjs